Novos militares iniciam estágio supervisionado e reforçam policiamento em Alagoas

Alunos do Curso de Formação de Praças (CFP) iniciaram nesse fim de semana o Estágio Supervisionado tanto na Capital quanto no interior de Alagoas. Os novos militares estão tendo aulas teóricas e práticas no Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (CFAP), no bairro do Trapiche, em Maceió, e no Pólo Arapiraca. Ao todo, são 948 policiais que atuarão também como reforço do policiamento até o mês de janeiro, aumentando a quantidade de agentes nesse período festivo.

Os alunos do CFP concorrerão às escalas nos dias de sexta à tarde, sábados, domingos e feriados em apoio ao CPC e CPI, tendo duração máxima de seis horas sob a supervisão de um oficial do CFAP, que elaborará relatório minucioso sobre os trabalhos.

Além de Maceió (Centro, Pontal da Barra e Orla) e Arapiraca, também receberão o reforço dos alunos os municípios de Barra de São Miguel, Marechal Deodoro e Paripueira. Outras cidades também poderão ter a atuação dos novos militares a depender da necessidade.

O estágio visa capacitar o aluno do CFP a identificar os procedimentos práticos da atividade operacional da Corporação, com vistas ao aprimoramento e otimização do aprendizado e ainda proporcionar uma visão ampla das atividades operacionais desenvolvidas na PM, a fim de que cada um atinja a quantidade mínima de 120 horas, de acordo com o estabelecido nas Normas de Planejamento e Conduta para o Ensino/NPCE 2018.

Orla de Maceió é um dos locais que receberá o novos policiais durante o estágio supervisionado (Fotos: Ascom PMAL)

Para o comandante do CFAP, tenente-coronel Pedro Moura, o estágio busca na verdade afinar os conhecimento técnicos adquiridos em sala de aula durante os quase seis meses decorridos do curso.

“O emprego dos alunos em atividade externas possibilitará uma visão ampla da atividade policial militar em todos os aspectos, além de permitir à escola fazer as devidas correções quando necessário, buscando sempre a excelência na prestação de serviços à sociedade alagoana no quesito segurança pública. Com o encerramento do estágio, acreditamos que o futuro policial militar estará ainda mais qualificado e certo de suas obrigações como operador de segurança pública, aproximando ainda mais a sociedade da Polícia Militar”, afirmou o comandante do CFAP.

Os alunos, que iniciaram o curso em junho do ano corrente após serem aprovados e convocados por concurso público, também acreditam que a prática durante o processo de aprendizagem favorece a população alagoana.

“Esse estágio será muito bom para nossa futura atuação nas ruas em defesa do povo alagoano. Lutamos para entrar na Briosa e o que queremos hoje é contribuir com a missão constitucional, exercendo com afinco o nosso papel perante a população. A prática nos ajudará a chegar nesse objetivo quando formos formados soldados da Polícia Militar de Alagoas”, avaliou o aluno Maurício Araújo.

“Só quem tem a ganhar é a população de Alagoas, que ganha mais policiais nas ruas durante este período festivo. Queremos ter novos policiais militares comprometidos com a melhor forma de atuação e o estágio vai permitir que busquemos mostrar para eles isso. Um momento de aprendizado com responsabilidade, demonstrando o que já foi aprendido no CFAP para o bem das pessoas, pois a segurança do povo é a nossa missão”, afirmou o comandante-geral da PM, coronel Marcos Sampaio.

Ascom – 03/12/2018